Brasil
Publicada em 11/04/17 as 18:32h - 72 visualizações
Rússia e Irã dizem que EUA ultrapassou limites e ameaçam “guerra de verdade”
Moscou reforça compromisso em manter Assad no poder, enquanto EUA fala em novos ataques

radioap.com.br


 (Foto: radioap.com.br)

Após os Estados Unidos terem bombardeado uma base aérea síria na sexta (7), avisaram que iriam fazer outros ataques em breve. A embaixadora dos EUA nas Nações Unidas, Nikki Haley, disse no sábado (8) que a mudança de regime na Síria é uma das prioridades do governo Trump.

Além disso, o foco dos norte-americanos está na derrota definitiva do Estado Islâmico e a diminuição da influência iraniana na região. "Não vemos uma Síria em paz com Assad no poder", afirmou Haley.

A resposta de Rússia e Irã veio no domingo (8). Em comunicado, os dois países e mais as forças libanesas do Hezbollah reforçaram seu apoio ao presidente Bashar al-Assad e avisaram que o ataque americano "ultrapassou limites" e que eles responderiam a qualquer nova agressão do tipo.

O presidente russo, Vladimir Putin, e o do Irã, Hassan Rouhani, acreditam que as ações dos EUA contra a Síria não são admissíveis e violam as leis internacionais. Ambos pedem uma investigação objetiva sobre os ataques com armas químicas, afirmando que o governo Trump precisa provar suas acusações.

"O que a América fez numa agressão à Síria foi ultrapassar limites. De agora em diante vamos responder com força a qualquer agressor e a qualquer violação dos limites vinda de quem for, e a América sabe da nossa habilidade para responder bem", disse o comunicado divulgado por Moscou e Teerã.

A Marinha Russa enviou a sua mais avançada fragata para a costa da Síria logo após o ataque de mísseis dos EUA. Uma fonte diplomática garantiu que a Rússia aumentou seu grupo naval no Mediterrâneo de dez a vinte navios de guerra e embarcações auxiliares.

A embaixada russa no Reino Unido alertou que estavam se preparando para uma "guerra de verdade" caso o secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson confirme o "ultimato" contra a Rússia na reunião do G7 (as sete economias mais avançadas do mundo), acusando o Kremlin de ser "cúmplice" do ataque químico realizado na Síria no dia 4 de abril.

A reunião extraordinária dos membros do G7 que será realizada na próxima terça-feira (11), na Itália debaterá a crise síria e contará com representantes de Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, além de chanceleres de Turquia, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Jordânia e Catar. Com informações de Daily Mail




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.


As Melhores com Radio AP
1
Qual é o seu Problema? - Efeito Verdical
Qual é o seu Problema?
Efeito Verdical
2
Em Nome de Jesus - Comunhão Eterna
Em Nome de Jesus
Comunhão Eterna
3
Horizonte - Strada Streita
Horizonte
Strada Streita
4
Rise - Skillet
Rise
Skillet
5
Marcas da Desilusão - Stauros
Marcas da Desilusão
Stauros
Rádio AP. Um Som Feito Com Muito Carinho!
Copyright (c) 2017 - radioap.com.br - Todos os direitos reservados